O fim de ano se aproxima e com ele o espírito natalino invade os nossos corações. Nessa época, todos os anos, crianças do país inteiro começam a escrever suas cartinhas repletas de pedidos para o Papai Noel. Há mais de 30 anos, os empregados dos Correios, comovidos com as mensagens escritas em letrinhas recém-aprendidas ou transformadas em desenhos coloridos que chegavam até a empresa, decidiram começar a tirar esses sonhos do papel. Nascia aí uma das campanhas de solidariedade mais queridas pelos brasileiros: o Papai Noel dos Correios.

Com o passar dos anos, essa ação ganhou força, se espalhou e hoje une a empresa e a população em uma grande corrente de amor e generosidade. Além das cartinhas das crianças da sociedade, desde 2010 os alunos de escolas públicas são convidados a também expressarem seus desejos ao Papai Noel. A campanha estimula as crianças no desenvolvimento de redação de cartas, prática que permite valorizar a escrita e o interesse pelo aprendizado escolar, um dos maiores presentes que uma crianças pode receber, não é verdade?

Para que tudo possa se tornar realidade, os Correios contam com a ajuda de milhares de padrinhos e madrinhas dispostos a fazer a magia do Natal acontecer. Qualquer pessoa, em qualquer lugar do país, pode participar da campanha e fazer a alegria de uma criança.

Seguindo os protocolos contra a Covid-19 , em 2020 a adoção das cartinhas da Campanha de Natal dos Correios será realizada online. Tanto o envio das cartinhas quanto a adoção por parte dos voluntários será toda online.

Para as crianças que enviarão as cartinhas, elas deverão escrever seu pedido à mão, depois o responsável deve fotografar ou digitalizar e enviar no site dos correios a cartinha. Podem participar crianças de até 10 anos em vulnerabilidade social ou alunos de escolas selecionadas da rede pública até o 5° ano.

Quem quiser apadrinhar uma ou mais cartinhas deve acessar o site dos Correios aqui e realizar a adoção das mesmas. Uma triagem será feita para que os padrinhos peguem cartinhas de crianças da mesma localidade ou o mais próximo possível.

Será enviado um email para os padrinhos confirmando a adoção da cartinha. Os padrinhos deverão entregar pessoalmente os presentes nos locais indicados pelos Correios.

Vale ressaltar que eu hipótese nenhuma o padrinho ou madrinha saberá o nome completo ou endereço da criança.

 

(Imagens e informações: blog Correios)

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui