Um rapaz de 29 anos foi detido nesta quarta-feira (20), após encaminhar uma adolescente de 17 anos até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

O rapaz identificado por Lucas estava em um relacionamento com a adolescente identificada por Livia. Eles teriam se conhecido pelo Facebook e nesta quarta-feira a jovem teria pedido para a mãe para sair com o homem, que iria até o shopping com ele. A mãe teria permitido a adolescente de sair, mas não aceitava o relacionamento. Eles teriam se conhecido há pouco dias, mas a mãe achava o rapaz muito velho para ela.

Livia acabou indo para um motel em Pinhais com Lucas e lá ela sofreu uma hemorragia intensa. Lucas então socorreu a adolescente até a UPA, mas ao dar entrada na emergência, ela já estava em óbito.

Lucas foi detido ali mesmo e encaminhado para a Delegacia de Pinhais, onde permanece detido.

De acordo com informações do advogado Igor José Ogar, que assumiu a defesa de Lucas, relatou que seu cliente está muito abalado e chocado com a morte da adolescente. Lucas teria informado que não cometeu nenhum crime. Os exames preliminares teriam apurado que a adolescente não teria sofrido nenhuma agressão. O advogado ainda afirmou que Lucas está contribuindo para o caso e que realmente eles foram para o motel onde tiveram relações sexuais e logo em seguida a adolescente começou a sangrar. Lucas teria pedido ajuda para pessoas do motel, mas não quis esperar o resgate e encaminhou a adolescente até a UPA. Após entregar a jovem a equipe médica, Lucas teria ido até a casa da mãe da adolescente e levou ela até a UPA, onde ele foi detido na sequencia.

O advogado acredita que Lucas deve ser solto nas próximas horas. Ele ainda teria afirmado que seu cliente informou que nem ele nem a adolescente teriam consumido drogas. Um exame toxicológico também está sendo feito na adolescente.

Lucas ainda permanece detido na Delegacia de Pinhais.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui