Um homem de 31 anos foi espancado e queimado vivo após ser alvo de uma fake news no Whatsapp.

Segundo informações, o homem que estava como turista na cidade de Papatlazolco, no México, foi acusado de uma tentativa de sequestro de um menor. O rumor se espalhou no Whatsapp e moradores da localidade capturaram o turista e o lincharam, ele foi queimado ainda vivo, após tacarem gasolina e atearem fogo nele.

O socorro chegou a se deslocar ao local, mas a população não deixou chegar perto para socorrer a vítima. Na chegada da polícia ao local, o homem já não tinha mais sinais vitais.

Moradores relataram que um áudio circulou no Whatsapp sobre desconhecidos circulando na cidade com a intenção de roubar crianças.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui