Foto: Soldado Fernando Chauchuti

O Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) fez uma operação em diversos pontos de Curitiba que resultou na apreensão de 35 veículos e na prisão de quatro pessoas, duas por porte de drogas e duas por embriaguez ao volante. A Operação Especializada aconteceu entre as 18 horas de quinta-feira (19/11) e a 1 hora desta sexta-feira (20/11), na Capital do estado.

De acordo com o Comandante do BPTran e da operação, tenente-coronel Mário Henrique do Carmo, essa operação inicia os trabalhos referentes ao final de ano, já que os dias estão mais longos e muitos aproveitam para ir ao comércio fazer as compras de Natal. “Nós estamos chegando em um período em que as pessoas passam a frequentar mais as ruas, até mesmo com a chegada do verão, então o BPTran está cumprindo a sua missão que é a fiscalização de veículos e condutores com maior intensidade”, disse.

Os pontos de bloqueios escolhidos foram nos bairros Jardim das Américas, Santa Cândida, Jardim Social, Alto da XV e Uberaba. As abordagens resultaram em 136 veículos vistoriados e 197 pessoas abordadas. Os policiais do trânsito também lavraram 159 notificações, 79 veículos foram notificados, além de cinco Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 38 CRLVs recolhidos.

Em uma das situações, durante bloqueio de trânsito na Rua Augusto Stresser, por volta das 20 horas, a equipe de batedores avistou um motociclista fazendo o retorno subindo pelo canteiro central. Foi feito o acompanhamento e o motorista, em certo momento, dispensou dois objetos.

Logo em seguida os militares estaduais conseguiram fazer a abordagem e com o motorista nada de ilícito foi encontrado, mas ao fazer buscas no local em que foi visto ele dispensando os objetos, os policiais militares encontraram dois pedaços de maconha pesando 62 gramas. Ao ser questionado, o rapaz relatou que havia comprado a droga para consumo pessoal e que havia feito o uso da substância há uns 30 minutos.

Sendo assim, a equipe da Cotamotran encaminhou o homem, de 27 anos, à Delegacia de Delitos de Trânsito (DedeTran). A motocicleta, que apontava ter pendências administrativas, foi levada ao pátio do DETRAN.

Em outra ocorrência, no bairro Santa Cândida, os policiais avistaram um veículo táxi dirigindo entre as faixas e reduzindo a velocidade e fizeram a abordagem. No momento que o motorista desceu do carro, os policiais sentiram cheiro de álcool e questionaram o mesmo se havia bebido, ele informou que sim.

O homem, de 45 anos, foi encaminhado à DedeTran e o veículo, que apresentava pendências administrativas, foi levado ao pátio do DETRAN, para as medidas necessárias.

“O BPTran sempre causa um impacto psicológico muito grande quando sai às ruas e nós percebemos que gera um efeito multiplicador e isso é muito importante, pois nós fazemos vários locais, o que proporciona uma sensação de segurança muito maior para a população”, complementou o tenente-coronel Carmo.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui