A câmera de segurança de uma farmácia registrou toda a ação de Octávio Augusto Pereira da Silva, 27 anos. Ele estacionou a moto em que estava na Rua Lourenço da Veiga e se dirigiu a pé até a Avenida Arthur Thomas, na Zona Oeste de Londrina.

Ele entrou na farmácia e se passou por cliente, pegando um produto e foi até o caixa. Ele passou por baixo da faixa de segurança, e ao chegar no caixa, sacou um revólver calibre 38 cromado e deu voz de assalto. Logo após anunciar o roubo, um segurança que estava em uma sala ao lado percebeu o roubo e ao tentar sair da sala, notou que o assaltante estava apontando a arma para ele. Agindo em legítima defesa, o vigilante disparou atingindo o marginal. Veja o vídeo:

O Siate foi acionado, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O vigilante foi encaminhado para a delegacia. A arma era registrada, porém ele não tinha porte de arma de fogo. Ele pagou um salário mínimo de fiança e foi liberado. O Delegado William Soares, entendeu que o vigilante agiu em legítima defesa.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui