(Foto: PRF)

Duas pessoas morreram e outras 15 saíram feridas em uma colisão frontal entre um caminhão e um micro-ônibus na noite desta segunda-feira (28) na BR-277 em Guarapuava, região centro-sul do Paraná.

As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que registrou a ocorrência por volta das 23h30.

Conforme a equipe da PRF que atendeu o acidente, por algum motivo ainda desconhecido, um caminhão Scania com placas de Navegantes (SC) invadiu a contramão em uma curva e atingiu a lateral esquerda de um micro-ônibus com placas de Colombo (PR), que transitava no sentido contrário.

O micro-ônibus transportava 23 estudantes e três professores do Senai, que haviam saído de Curitiba com destino a Foz do Iguaçu (PR).

Os dois mortos eram passageiros do ônibus –um homem de 33 anos de idade e uma mulher de 22 anos, ambos estudantes. Único ocupante do caminhão, o motorista foi socorrido com lesões graves e encaminhado a um hospital de Guarapuava.

O motorista do micro-ônibus e 13 passageiros também sofreram ferimentos e foram encaminhados para hospitais de Irati e Guarapuava.

Após o choque, o caminhão, que transportava frango congelado, tombou. A pista ficou totalmente interditada nos dois sentidos das 23h50 até as 2h20.

A informação sobre o total de feridos é preliminar e ainda está sujeita a atualizações. O nível de gravidade de cada vítima ferida ainda será apurado pela PRF juntos aos hospitais envolvidos no atendimento.

De acordo com nota emitida pelo Sistema Fiep, o grupo de estudantes e professores faria uma visita técnica em Foz do Iguaçu. Eles fazem parte do curso técnico em Segurança do Trabalho da unidade Portão do Senai, em Curitiba.

 

Tacógrafo inoperante

A velocidade máxima na curva onde houve o acidente, localizada em um trecho de serra, é 60 km/h para todos os tipos de veículos. O acidente ocorreu no quilômetro 309,1 da rodovia BR-277.

Como o disco do cronotacógrafo do caminhão estava vencido, não foi possível à equipe da PRF verificar em que velocidade o veículo transitava.

A PRF lavrou um auto de infração de trânsito, de natureza grave, por condução de veículo com equipamento obrigatório ineficiente ou inoperante.

O motorista do caminhão será intimado pela Polícia Civil a prestar informações assim que receber alta do hospital. Ele realizou teste do bafômetro, cujo resultado foi zero.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui