Foto: Pixabay

Nesta segunda-feira (18) o Ministério Público do Taiwan afirmou que um casal pode ter iniciado um incêndio que matou 46 pessoas em um prédio na semana passada, ao deixar um incenso aceso em um quarto e sair de casa.

O incêndio teria começado no primeiro andar, o que dificultou a saída dos andares de cima mais difíceis. O fogo teria iniciado no quarto da mulher, onde o incenso tinha ficado queimando, e depois as chamas passaram para os andares de cima.

A mulher, de 51 anos é acusada por não ter apagado o incenso, e o marido é acusado de não ter dito a ela que precisava apagar o fogo.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui