Foto: PRF

Na tarde deste sábado (03), durante ronda no km 295 da BR 116, em Itapecerica da Serra-SP, uma equipe da PRF prestou atendimento a um ciclista que estava se locomovendo até a Basílica de Aparecida, a fim de pagar uma promessa.

Os policiais verificaram que o homem, que se apresentou como sendo José Cícero Gomes dos Santos, de 52 anos, estava descansando em um posto de combustíveis, com sua bicicleta ao lado.

Ele foi questionado sobre a origem e destino de sua viagem. Confessou aos policiais que vem pedalando há 30 dias pelas rodovias do país, saindo de Santa Maria-RS e tendo como destino final Aparecida-SP, a fim de pagar uma promessa à Padroeira, por sua filha ter escapado do incêndio ocorrido em 2013 na Boate Kiss, em Santa Maria-RS.

Preocupados com sua subsistência, os policiais perguntaram sobre o custeio das despesas com alimentação durante a viagem. O romeiro disse que depende de doações ao longo do caminho, para assim completar seu intento.

Diante disso, os policais custearam, voluntariamente, uma refeição no restaurante onde o peregrino estava.

Ao final, a equipe lhe ofereceu carona até o final do trecho de circunscrição federal, mais próximo da capital paulista, porém o homem recusou, alegando que se aceitasse estaria descumprindo sua promessa.

Antes de deixar o local, a equipe o orientou acerca dos cuidados necessários para pedalar na rodovia com segurança. Os policias doaram uma máscara nova e alimentos para a viagem.

No dia 27 de janeiro de 2013, um incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria-RS, matou 242 pessoas e feriu 680. Esta foi considerada a segunda maior tragédia no Brasil em número de vítimas em um incêndio, sendo superado apenas pela tragédia do Gran Circus Norte-Americano, ocorrida em 1961, em Niterói-RJ, que matou 503 pessoas.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui