O corpo encontrado na tarde de terça-feira (4), é do motorista de aplicativo Thiago Aparicio de Oliveira Schaussard, 37 anos, visto pela última vez no dia 29 de janeiro deste ano em Curitiba. Ele estava a pé e foi visto saindo de uma estação tubo. Desde então ele não havia sido mais visto.

O corpo estava em uma região de mata e em já estava em decomposição. Próximo ao corpo foi encontrada a Carteira Nacional de Habilitação.

No local não foi possível apurar se Thiago apresentava ferimentos. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Foz do Iguaçu onde a causa da morte será investigada.

A família de Thiago foi até Foz do Iguaçu e através de tatuagens conseguiram reconhece-lo. Os familiares relataram que Thiago estava com depressão.

A Delegacia de Foz do Iguaçu não descarta a hipótese que Thiago pode ter sido assassinado.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui