(Foto: Marcel Mercúrio/Band TV)

Uma criança de 2 anos morreu carbonizada em um incêndio na manhã desta terça-feira (8), em Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba.

De acordo com informações dos vizinhos, um homem estava totalmente transtornado estava brigando com a esposa no fim da madrugada. O homem então teria ateado fogo na casa com a família dentro.

A mulher desesperada começou a tirar os filhos da casa, ela saiu e retornou para a casa já completamente em chamas e acabou sofrendo queimaduras graves pelo corpo, porém ela não conseguiu resgatar a filha de 2 anos.

Socorristas do Siate com apoio da equipe médica e bombeiros socorreram a mulher que sofreu 70% do corpo queimado. Ela foi encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Evangélico em Curitiba. Um cãozinho também morreu carbonizado no incêndio.

O homem fugiu e até o momento não foi localizado. Um bebê recém nascido também não foi localizado e acredita-se que ele pode estar com o pai que segue foragido.

Atualização

O homem que teria ateado fogo na casa que resultou na morte da criança de 2 anos foi localizado e preso pela Polícia Militar. Ele foi identificado por Lucas. O bebê recém nascido que acreditava-se que estava com o homem não foi localizado. Os bombeiros não descartam a hipótese de que o bebê possa estar em meios aos escombros da casa e seguem com as buscas.

Um vizinho relatou que o incêndio começou por volta das 5h40 e que o homem brigou com a mulher durante a noite e madrugada.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui