Foi identificado o criminoso baleado ao tentar assaltar um Guarda Municipal que seguia para o trabalho, no último domingo (9), no bairro no bairro Tatuquara em Curitiba.

O marginal estava com três mandados de prisão em aberto, um deles por homicídio a um rapaz assassinado ano passado no bairro Boqueirão em Curitiba. Brayan Filipe Maciel Luiz, 23 anos, foi morto a tiros em junho de 2020. A motivação seria uma acusação contra o criminoso, de um estupro que ele não teria cometido.

No último domingo, o criminoso em um Monza, junto de um comparsa tentaram abordar um guarda municipal que seguia para o trabalho no bairro Tatuquara e o GM reagiu, baleando os dois. Eles correram para um matagal, mas foram localizados, feridos pelos disparos.

O Siate foi acionado e socorreu a dupla que foi encaminhada para o Hospital do Trabalhador em Curitiba.

Após receber alta, o criminoso foi direto para a delegacia.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui