(Foto: Reprodução Rede Globo)

A Polícia Civil do Paraná divulgou a foto de Robson Aparecido Morais Barbosa, 44 anos, que em 2019 ficou famoso em todo Brasil após viralizar nas rede sociais. Na ocasião, Robson que havia trabalhado como vigilante por 8 anos, começou a trabalhar ao lado da esposa em um pequeno salão de beleza especializado em unhas postiças de acrílico, gel e fibra de vidro.

Após ampla divulgação de seu trabalho como ele denominava ser manicuro, Robson explodiu nacionalmente na mídia chegando a ser convidado a participar do programa Encontro com Fátima Bernardes na Rede Globo e em várias outras televisões falando sobre a nova profissão. Assista a matéria exibida no programa Encontro de Fátima Bernardes clicando aqui.

Robson contou uma grande história de superação vencendo a depressão quando trabalhava de vigilante e iniciando na nova profissão superando o preconceito e as dificuldades.

Em 2014, Robson foi denunciado por estupro de vulnerável. De acordo com o que foi divulgado pela polícia, Robson teria estuprado a enteada de 11 anos. Ele ainda teria ameaçado a criança para não contar nada, pois caso contasse, ele mataria a família dela.

Em setembro 2016, Robson chegou a ser investigado pela morte do sogro no Xaxim. Ele relatou que teria discutido com o sogro e que devido a discussão o mesmo teria sofrido um ataque cardíaco e morrido. Os parentes de sua mulher na ocasião acusaram Robson de ter matado o homem. Ele prestou depoimento na Divisão de Homicídios e foi liberado. De acordo com a polícia ele já tem passagem pela Delegacia da Mulher.

Robson foi condenado a 22 anos em regime fechado e é considerado foragido da Justiça. A Polícia Civil solicita a colaboração da população com informações que auxiliem na localização de Robson. A denúncia pode ser feita de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque Denúncia, ou (41) 3270-3370, diretamente à equipe de investigação.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui