(Foto: BPMOA/Divulgação)

A rápida mobilização da tripulação do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) na remoção de uma vítima de acidente vascular cerebral (AVC) foi decisiva para salvar a vida de uma mulher, de 77 anos, na manhã deste domingo (5), em Pontal do Paraná. Em apenas quatro minutos a aeronave levou a vítima de Pontal do Paraná (Praia de Leste) até o Hospital Regional de Paranaguá, evitando um deslocamento demorado caso fosse de ambulância.

A equipe de serviço do BPMOA estava pelas proximidades quando foi acionada para dar apoio ao caso da mulher que estava na UPA e, devido ao grave quadro clínico devido ao AVC, necessitava ir até o Hospital Regional. “Quando estávamos quase chegando ao local, fomos informados de que ela ela teve uma nova parada cardiorrespiratória, pousamos e, rapidamente, o médico da aeronave desceu e fez a estabilização da vítima para que ela pudesse ser levada ao hospital com tranquilidade”, disse o copiloto da aeronave, capitão Alexandre Creplive Zem.

Após a estabilização, a vítima foi embarcada no helicóptero e levada ao Hospital Regional de Paranaguá sem alterações. O deslocamento, segundo o capitão Zem, levou aproximadamente quatro minutos, o que fez a diferença para que a mulher chegasse com vida na unidade hospitalar. “Se não tivéssemos chegado a tempo para fazer essa remoção, ela poderia ter falecido”, disse.

Durante o Verão Maior 2019/2020, o BPMOA estabeleceu uma base na cidade de Matinhos, ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Praia Grande, para dar suporte à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros em ocorrências graves, principalmente naquelas em que a agilidade do transporte aéreo pode ser decisivo na manutenção da vida. Resgates no mar, em acidentes de trânsito e resgates em montanha são algumas das atividades desempenhadas pelos integrantes da unidade. “A localização da base facilita o deslocamento para qualquer área do Litoral do Paraná rapidamente”, afirmou o comandante da aeronave, major Adilar Marcelo de Lima.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui