Uma mulher foi internada em um pronto socorro, ao pular de um carro em movimento na madrugada deste domingo (31).

Em relato à polícia, a mulher disse que retornava de uma festa com o companheiro, quando discutiram no carro. Ela ainda afirmou que o companheiro, o empresário Ricardo Marani, disse que a mataria e começou a agredi-la com socos dentro do carro. Desesperada com as agressões, a mulher conseguiu abrir a porta carro e pular do veículo em movimento. Ela conseguiu fugir e pedir socorro.

Já o empresário, seguiu pela Rodovia Deputado Roberto Rollemberg, a SP-461, no município de Birigui em São Paulo, e colidiu violentamente em um caminhão. Ele morreu na hora preso às ferragens.

(Foto: Acervo Pessoal/Facebook)

O motorista do caminhão, um homem de 60 anos, não ficou ferido no acidente. Ele fez o teste do bafômetro que constatou que não havia ingerido bebida alcoólica. A polícia acredita que o empresário pode ter ficado transtornado com a situação e provocado o acidente.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Araçatuba.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui