Foto: Pixabay

Um homem, de 57 anos, foi morto a facadas enquanto dormia. As assassinas foram as próprias filhas dele, uma de 17 anos, uma de 18 anos e uma já de 19 anos de idade. O caso foi registrado na Rússia.

As três eram vítimas de abuso sexual e tortura pelo pai. As vítimas além de serem abusadas sexualmente e espancadas pelo pai ainda eram ameaçadas de morte, e elas não tinham ninguém próximo para impedir os abusos. A investigação descobriu que elas enfrentaram “sofrimento físico e mental por um longo período de tempo”.

Ele ainda teria dito a uma das filhas que ele iria se casar com ela e que ela daria luz a um bebê dele.

As duas irmãs mais velhas foram presas acusadas pelo assassinato, já a caçula está cumprindo pena em um hospital psiquiátrico.

Uma campanha com quase um milhão de assinaturas pede a liberdade das três irmãs, já que a alegação é de que o assassinato foi legítima defesa contra os abusos do pai.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui