Foto: Pixabay

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) instaurou inquérito policial para apurar denúncia contra um ex-assessor de vereador de Cascavel, região Oeste do Estado, suspeito de cobrar R$ 1 mil para adiantar uma cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A paciente estaria aguardando há 4 anos pelo procedimento.

O homem foi preso em flagrante na noite de segunda-feira (17), pelo Grupo de Atuação Especial de Crime Organizado, assim que recebeu o dinheiro. A denúncia foi feita pela própria vítima.

O suspeito será investigado por concussão, uso de cargo público para exigir vantagem indevida.

A PCPR trabalha para apurar o envolvimento de outras pessoas com o crime.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui