(Foto: João Frigério/Plantão 190)

O Serviço Reservado do 12° Batalhão deteve nesta quinta-feira (31) um homem suspeito de aterrorizar o bairro Água Verde colocando fogo em carros que estavam estacionados na região.

Os incêndios começaram neste mês de outubro, no dia 18 durante a madrugada, nossa equipe acompanhou um dos carros incendiados na Rua Dr. Alexandre Gutierrez, um veículo HB20 que estava estacionado regularmente.

O que parecia apenas um incêndio provocado por um curto circuito foi registrado pelas câmeras de segurança de um prédio. Nas imagens é possível ver um homem se aproximando pela frente do veículo e iniciando o fogo. Veja o vídeo:

Pelo menos quatro carros teriam sido incendiados por este criminoso. A polícia teve bastante trabalho para identificar o autor do crime, já que as vítimas, proprietárias dos veículos não se conheciam.
O que chamou a atenção da polícia foi a motivação dos incêndios, que pode ser passional.

No dia seguinte ao incêndio deste HB20 (19), um outro veículo foi incendiado na mesma rua, desta vez o carro foi um Gol. O proprietário do Gol ao perceber o carro em chamas, conseguiu controlar o incêndio com um extintor. O proprietário do veículo é amigo de uma mulher que teria sido agredida pelo seu ex-marido. Ela teria inclusive uma medida protetiva contra o ex.

A polícia acredita que para intimidar a ex-mulher o maníaco ainda teria colocado fogo em outros carros no bairro, próximo de sua residência, como forma de ameaça. Um Renault Kwid foi incendiado durante a noite também nos últimos dias.

(Foto: Colaboração)

Já nesta quarta-feira (30), durante a tarde, um homem foi visto abrindo o capô de um veículo Gol de cor preta e saindo rapidamente do local. Em seguida o carro pegou fogo. Esta ocorrência foi registrada na Rua Jacinto Antunes da Silva também no bairro Água Verde. Os bombeiros foram acionados, mas o carro ficou destruído.

Nesta quinta-feira (31), os policiais dos serviço reservado do 12° Batalhão foram até a residência do homem na Vila Guaíra e o detiveram, realizando o encaminhamento dele até o 2° Distrito Policial pelo descumprimento da medida protetiva no dia 19 de outubro.

A polícia agora investiga se todos os incêndios acontecidos em veículos neste mês no bairro podem ter sido provocados por este maníaco, já que muitas pessoas que tiveram carros queimados não registraram boletim de ocorrência na polícia.

O caso agora está nas mãos do Delegado Osmar Dechiche do 2° Distrito Policial que deve pedir o mandado de prisão do maníaco nas próximas horas.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui