Três pessoas da mesma família foram presas por maus tratos e suspeita de venderem linguiça de cães e gatos em uma feira.
Segundo informações da Polícia Civil, depois de várias denúncias no endereço da residência, os policiais em conjunto com a equipe de zoonoses foram até o local e flagraram 40 cães e 7 gatos em situação de maus tratos. Além disso um papagaio sem registro também estava no local.
Um casal e a filha foram presos em flagrante. Segundo o delegado da Delegacia de Infrações Penais e Outras, o trio deverá responder por maus tratos, posse ilegal de animal silvestre e comercialização de produtos inapropriados para consumo humano.
Segundo diversas denúncias, os animais eram mortos durante a madrugada. Os gritos dos animais eram ouvidos seguidos de silêncio. Ainda várias denúncias dão conta de que os animais eram mortos durante a madrugada e a carne era vendida durante o dia em uma feira.
No porão da residência foram encontrados vários sacos com restos mortais de animais. O que chama a atenção é que apenas eram encontradas as ossadas dos animais, sem a carne.

Outro fato que chamou a atenção dos policiais é que não haviam potes de ração para os animais em nenhuma parte da casa, nem na área interna nem externa. Todos estavam subnutridos.

Os animais foram resgatados e após passarem por tratamento veterinário poderão ser adotados.
O caso foi registrado em Guarapari no Espírito Santo.

(Foto: Polícia Civil do Espírito Santo)

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui