“Lixo Que Não É Lixo/Não Vai pro Lixo/SE-PA-RE”. Foi no embalo dessa música que as crianças da Regional Pinheirinho comemoraram o aniversário de 329 anos de Curitiba e aprenderam uma importante lição sobre como reforçar a reciclagem de resíduos na cidade.

A festa realizada na Rua da Cidadania do Pinheirinho nesta quarta-feira (30/3) teve a participação do prefeito Rafael Greca e da Família Folhas, que embalou o imaginário curitibano nos anos 1990 e ajudou a transformar a cidade em Capital Ecológica. Os personagens voltaram renovados como um presente de aniversário para Curitiba.

Os 350 estudantes participantes eram das escolas municipais Piratini, Belmiro Cezar, Dr. Osvaldo Cruz e Arapongas.

Compromisso com o futuro

“Vocês gostaram da Família Folhas?”, perguntou o prefeito, que recebeu um sonoro “sim” como resposta das crianças. Greca fez outra pergunta: “Vocês vão separar o lixo?”. Novamente a resposta foi positiva.

“Nós temos que ter este cuidado de dar bons exemplos e experiências enriquecedoras para as gerações futuras. É importante que as nossas crianças tenham na ponta da língua e no coração a ideia de que precisamos de uma cidade limpa e sustentável, um lugar bom para se viver no presente e no futuro”, disse o prefeito.

O retorno da Família Folhas marca a nova etapa da campanha para reforçar a reciclagem do ‘Lixo que Não é Lixo’ e também os programas de sustentabilidade desenvolvidos na cidade (voltados a combater os efeitos das mudanças climáticas).

Os participantes acompanharam uma peça de teatro com Seu Folha, Dona Fofô, Fofis e Fifo, da formação original, além da Flora, Fefo (filhos de Fofis) e Folheco (o pet folha de Fifo), novos personagens da campanha em 2022.

Depende de nós

A Família Folhas foi apresentada ao público pelo ator Douglas Perez, que vive o personagem Curitibinha. Além de falar sobre a sua origem, os Folhas passam mensagens importantes sobre respeito à natureza, no trato com os animais e no cuidado que devemos ter com o lixo doméstico.

Seu Folha, por exemplo, perguntou à plateia: “Alguém se preocupa com os coletores? Eles merecem respeito e cuidados”, ensinou.

A família também falou sobre a importância de desenvolver atitudes positivas para um mundo melhor e mais limpo. “Eu acredito nas pessoas e sei que podemos fazer diferente”, aposta a Dona Fofô.

Fundação de Curitiba

A festa teve doces para as crianças e a Banda Lyra Curitibana homenageou Curitiba com a execução do hino da cidade e do Parabéns pra Você.

As crianças também assistiram à encenação do Auto da Fundação de Curitiba, que retrata como a cidade surgiu a partir da decisão do capitão-povoador Matheus Martins Leme, em 29 de março de 1693, de realizar a primeira eleição para a Câmara de Vereadores, como exigiam as Ordenações Portuguesas. Assim fundou a Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, que mais tarde passou a se chamar Curitiba.

A cada apresentação do Auto de Fundação de Curitiba nas regionais uma etnia da cidade é celebrada. Desta vez a homenageada foi a Itália. O casal Sheila Mara Túlio Silvano e Guilher Fiúza estavam usando trajes típicos.

O Auto de Fundação de Curitiba já passou nove das dez administrações regionais da cidade. O objetivo é mostrar, principalmente para a comunidade escolar, uma experiência única da formação da cidade e assim gerar um sentimento de pertencimento com Curitiba. A Regional Cajuru será a última a receber espetáculo no dia 1º de abril.

Presenças

Participaram do evento a presidente da FCC, Ana Cristina de Castro; o superintendente da Guarda Municipal, Carlos Celso dos Santos Junior; as secretárias Márcia Huçulak (Saúde) e Maria Sílvia Bacila (Educação); o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Tico Kuzma; os vereadores Beto Moraes e Sargento Tânia Guerreiro; o assessor de Articulação Política Lucas Navarro de Souza; a assessora especial do Gabinete do Prefeito, Cibele Fernandes Dias; o chefe de Gabinete do Prefeito, Francisco Assis; o administrador regional Reinaldo Boaron, e o pastor Marciano Ortêncio, da Comunidade Alcance.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui