(Foto: GMC/Divulgação)

Guardas municipais do Grupo de Pronto Emprego Operacional (GPEO) de Curitiba, foram verificar uma suspeita de tráfico de drogas nesta segunda-feira (27) e desconfiaram de um homem na Praça Tiradentes no centro da cidade.

Ao realizar a abordagem, os guardas não encontraram drogas com o suspeito, porém, ele apresentou um documento que aparentava ser de procedência duvidosa. Ao puxar os dados, os guardas conseguiram achar uma Carteira Nacional de Habilitação com aqueles dados. Ao perguntar ao abordado, o mesmo disse não ter carteira de habilitação. Ao ver a foto da carteira no sistema, viram de que se tratava de outra pessoa.

Os guardas deram voz de prisão por falsidade ideológica, e quando realizavam a condução do mesmo para delegacia, ele confessou que era foragido do sistema prisional por tráfico de drogas. Ele foi encaminhado e entregue na Central de Flagrantes.

Com essa captura, o Grupo de Pronto Emprego Operacional já prendeu 338 foragidos desde a criação do grupo em agosto de 2018.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui