Tribunal de Justiça de Goiás/Divulgação

Um homem foi condenado por júri popular a 18 anos de prisão pela morte da mulher, em Nova Crixás, no norte de Goiás. Ele foi condenado por homicídio qualificado por motivo fútil.

O crime

Segundo informações, Sérgio estava trabalhando durante a tarde quando recebeu uma lista onde estava seu nome. A lista se tratava de uma “lista de cornos”, a lista seria dos que foram e que são os maiores cornos assumidos de Nova Crixás.
Durante a noite, quando foi jogar futebol, a lista virou o assunto principal nas conversas.
Depois do futebol, ao chegar em casa, ele começou a discutir com a mulher, pegou uma arma e atirou contra ela.
A mulher não resistiu aos ferimentos e morreu.
O caso aconteceu em 6 de setembro de 2006, e somente agora, quase 14 anos depois, o homem foi condenado.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui