Whatsapp
Ilustração/Pixabay

Nesta quarta-feira (21) a Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do homem indiciado por compartilhar vídeos e fotos íntimos de mulheres em grupo de whatsapp. A polícia apreendeu um celular, um computador e um pendrive.

Testemunhas relataram que o grupo tem 50 membros, e que já fazem anos que ele divulgava fotos e vídeos dos encontros dele com mulheres. Além das fotos e vídeos o indivíduo ainda mandava uma avaliação com a foto da mulher.

O indivíduo confessou a prática e ainda é recorrente, ele já tinha sido processado em outra ocasião pelo mesmo crime. Ele responderá por pornografia e divulgação de cena de sexo.

Uma das vítimas relatou que um participante do grupo a procurou para contar o que estava acontecendo. E que quando ela se encontrou com o indivíduo, ela não sabia que elee tinha tirado fotos e gravado cenas de sexo.

A delegacia ja ouviu outras vítimas do homem e aguarda para identificar mais vítimas.

O caso foi registrado no Distrito Federal.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui