Pixabay

Um crime brutal foi descoberto pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul. Um homem de 36 anos foi preso após confessar ter matado a esposa de 34 anos e a enteada de 9 anos, em Pompeia, São Paulo.

As novas informações do crime cada vez chocam mais. Segundo informações da polícia, o assassino se passou um morador de rua para conseguir se esconder. Durante a fuga ele pediu ajuda em uma igreja e por lá fez todas as refeições e higiene durante o tempo que ficou desaparecido.

As vítimas estavam desaparecidas desde o fim de 2020. Os corpos das duas foram encontrados enterrados no quintal da residência onde moravam no dia 2 de fevereiro debaixo de um piso de concreto.

O homem foi preso após uma denúncia anônima. Ele foi capturado no dia 8 de fevereiro enquanto ele trabalhava em uma obra.

O homem foi detido e encaminhado para a delegacia de Marília e posteriormente foi encaminhado para a penitenciária de Álvaro de Carvalho.

Uma adolescente de 16 anos, filha da vítima, também foi apreendida, suspeita de participar do assassinato. Segundo a Polícia Civil, ela estava apaixonada pelo padrasto e confessou ter ajudado a enterrar a mãe e a irmã.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui