(Ilustração)

Nesta quarta-feira (19) um homem de 40 anos que se dizia bispo de um templo religioso foi preso suspeito de estuprar fiéis.
Segundo informações, o homem é suspeito de estuprar uma adolescente na área administrativa da igreja. Ele também é suspeito de ter abusado de mais fiéis em mais quatro templos da mesma igreja.
A adolescente de 15 anos relatou que os abusos começaram em 2017, quando ela ainda tinha 13 anos. Além dele passar “óleo ungido” pelo corpo da menina, inclusive nas partes íntimas, ele pedia fotos dela nua falando que levaria as fotos para “orar”.
Ele foi preso e dever´responder por estupro de vulnerável.
A polícia conseguiu averiguar que o homem já tinha mais acusações pelo mesmo crime. Uma delas é de um estupro de uma criança de 12 anos.
Meninas de 15, 16, 17, 19 e 21 anos, que frequentam a igreja também registraram boletim de ocorrência contra o homem. Em vários dos casos ele alegou que o sexo foi consensual e acabou absolvido.
Se condenado, o homem poderá pegar até 15 anos de prisão.
Os casos foram registrados em Goiás.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui