(Foto: Ilustrativa)

Uma idosa de 68 anos foi vítima de um velho golpe já muito divulgado nas TVs e internet. Ela caiu no golpe do bilhete premiado nesta sexta-feira (5), na cidade de Umuarama, no noroeste do Paraná.

De acordo com a vítima, ela caminhava pela rua quando foi abordada por um rapaz moreno, bem vestido, com um bilhete de loteria na mão. Enquanto a idosa conversava com o rapaz, uma outra pessoa chegou e começou a falar que o bilhete estava premiado. O trio foi até um banco na Avenida Brasil, e a dupla pediu para que a idosa retirasse de sua conta o valor de R$ 5 mil. Em seguida eles iriam até a Caixa Econômica para receber o prêmio e devolveriam o dinheiro com acréscimo de 5%.

A idosa sacou o dinheiro e repassou ao indivíduo que dizia ser advogado. Em seguida os golpistas fugiram.

A vítima acionou a Polícia Militar que realizou buscas na região, mas os golpistas não foram encontrados.

Como funciona o golpe

O conto do bilhete premiado é tão antigo que existem registros da sua aplicação desde 1965. De lá pra cá pouca coisa mudou na artimanha e podemos explicar como tudo funciona.

Neste golpe, o estelionatário se diz em posse de um bilhete premiado da loteria, mas que não pode ou não consegue retirar o prêmio.

Em alguns casos, as vítimas encontram o golpista supostamente chorando ou se lamentando por não poder retirar o prêmio.

Além de pedir ajuda, o estelionatário promete uma compensação em dinheiro após receber seu prêmio.

A promessa de uma grande quantia de dinheiro fácil e rápido é o que faz com que muitas vítimas acabem mordendo a isca.

Após aceitar ajudar a receber o suposto prêmio, é exigido pelo golpista algo para servir de garantia: dinheiro, joias ou qualquer outro bem de valor. O que a vítima não sabe é que depois de entregar essa garantia, o criminoso dará um jeito de fugir e levar consigo o que foi entregue.

Em alguns casos, o golpe também é aplicado por mais de um criminoso. Com uma outra pessoa que se aproxima e diz conhecer alguém da Caixa Econômica Federal, ou até mesmo trabalhar lá e comprova a validade do bilhete.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui