Irã admite que seus militares derrubaram avião sem querer

Neste sábado (11) o Irã anunciou que seus militares derrubaram sem querer o avião ucraniano que caiu na última quarta-feira (08) próximo a Teerã. Na ocasião 176 pessoas morreram.
O presidente iraniano chamou o caso de “erro imperdoável”. Em comunicado lido na TV estatal disse que os responsáveis serão punidos.
Segundo o o comandante das forças aeroespaciais do Irã Amir Ali Hajizadeh,a Guarda Revolucionária aceita a responsabilidade plena pelo ocorrido e ainda diz que o operador do sistema de defesa confundiu o avião com um míssil de cruzeiro. Segundo ele, o operador “tomou uma má decisão”.

A investigação interna das Forças Armadas concluiu que lamentavelmente os mísseis disparados devido a erro humano causaram o terrível acidente do avião ucraniano e a morte de 176 pessoas inocentes. As investigações continuam a identificar e processar essa grande tragédia e erro imperdoável. #PS752

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui