(Foto: Colaboração)

Foram presos os irmãos Ilson Bueno de Souza Junior, 40 anos e André Bueno de Souza, na madrugada desta quarta-feira (17) em Curitiba.

Através de uma denúncia anônima, policiais da ROTAM do 13º Batalhão, receberam a informação de que os irmãos estariam no bairro Pinheirinho. A equipe foi até o local indicado e encontraram a dupla. Eles não resistiram a prisão.

Na chegada dos dois na Divisão de Homicídios, Ilson relatou para a imprensa que o que matou os dois foi o Covid. Em seguida ele foi conduzido para o interior da delegacia.

O caso

O advogado Ygor Kaluff e seu amigo Henrique Mendes Neto, 38 anos, foram assassinados a tiros em um posto de combustíveis no centro de Curitiba, durante uma conversa envolvendo o empresário preso, um vendedor de jóias, Kaluff e Neto. Três homens participaram do duplo homicídio. Eles chegaram junto com o empresário e o vendedor de jóias em um carro.

O empresário foi preso na noite do crime em uma residência em São José dos Pinhais.

Já o vendedor de jóias, relatou que a ideia de fazer a cobrança de Bruno Caetano se passando por um cobrador do ourives de São Paulo, partiu do advogado Ygor Kaluff. O vendedor ainda afirmou que vendeu R$ 480 mil em esmeraldas e diamantes ao empresário no ano passado e que deste então não teria recebido. Bruno nega essa dívida com o vendedor de jóias.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui