(Foto: Frankin de Freitas)

Para comemorar 39 anos de existência e resistência no jornalismo paranaense, o Bem Paraná (www.bemparana.com.br) realiza a exposição ‘39 anos em 39 imagens de Curitiba’ com a participação de dez fotógrafos renomados e atuantes na capital paranaense com imagens de diversas épocas e estilos. São eles: Albari Rosa, Daniel Castellano, Orlando Azevedo, Vilma Slomp, Sergio Mendonça Jr, João Urban, Rodolfo Buhrer, Sergio Sade, Gisele Pimenta e Franklin de Freitas. A exposição estreia hoje, em evento para convidados, na sede do Bem Paraná, no Centro Cívico, e fica em cartaz até o dia 1º de julho. Depois, em data a ser definida ainda em julho, seguirá para a Biblioteca Pública do Paraná.

A curadoria da exposição é do editor de Fotografia do Bem Paraná, Franklin de Freitas, e a expografia é do Editor Gráfico e Secretário de Redação Lycio Vellozo Ribas, sob a coordenação da Chefe de Redação, Josianne Ritz. “A ideia é comemorar os nossos 39 anos de jornal impresso e site de notícias celebrando o trabalho dos fotojornalistas de Curitiba, que retratam os acontecimentos e paisagens de Curitiba com tanto talento”, disse Josianne Ritz. Curador da exposição e Editor de Fotografia do Bem Paraná, Franklin de Freitas lembra que a mostra reúne alguns dos fotógrafos mais brilhantes do País: “Conseguimos reunir alguns dos fotógrafos mais brilhantes deste país. Essa exposição mostra uma conexão de tempo incrível. Conseguimos perceber em detalhes as transformações sociais e urbanas de Curitiba da década de 80 até hoje.”

O diretor-presidente do Bem Paraná, Rodrigo Barrozo, ressalta: “Essa exposição é uma homenagem a todos os fotógrafos do Paraná que emprestam o seu olhar talentoso para enriquecer as matérias oferecidas aos nossos leitores, de forma impressa e digital”. Para o superintendente Roney Rodrigues, “a exposição comemorativa aos 39 anos do Bem Paraná é um singelo e justo reconhecimento ao talento dos profissionais da fotografia, que correm diariamente para registrar de forma única os fatos do nosso cotidiano, com sensibilidade”, afirma Pereira.

Caderno especial

Os leitores da versão impressa serão presenteados com uma edição especial, que será publicada amanhã (22), com as fotos da exposição e informações sobre os fotógrafos. O material também será disponibilizado no portal (www.bemparana.com.br)

História

Fundado pelo jornalista Roberto Barrozo, começou a circular na Grande Curitiba no dia 17 de junho de 1983 o Jornal do Estado, que em 2013 passou a se chamar Bem Paraná. O Bem Paraná chega aos 39 anos com orgulho de cumprir o seu papel social no Paraná como veículo impresso e online de comunicação sério e comprometido com a verdade, ciente da sua importância e consciente da sua obrigação de produzir diariamente informação de qualidade para os paranaenses.

Perfis dos fotógrafos convidados

Albari Rosa
Albari Rosa, 56 anos, é fotojornalista desde 1988. Trabalhou para revistas do grupo da Editora Abril (Veja, Placar e Exame) e jornais, como a Folha de Londrina, Diário e Lance. Atualmente integra a equipe de Comunicação do governo do Paraná. Em 2011, foi diplomado como Jornalista Amigo da Criança pela Agência de Notícias do Direito da Infância. Realizou a cobertura das Copas do Mundo de Futebol da Alemanha (2006), África do Sul (2010) e Brasil (2014). Em 2016, participou da cobertura da Olimpíada Rio 2016. Em 2018, ganhou o prêmio Wladimir Herzog.

Daniel Castellano
Nascido em 1980 em Curitiba, formado em Gestão da Informação na UFPR, Daniel Castellano começou a carreira de fotógrafo no jornal Gazeta do Povo em abril de 2001, onde trabalhou até 2017 na cobertura do cotidiano de Curitiba e turismo. Atualmente, é fotógrafo freelancer cobrindo eventos com foco em fotojornalismo, fotografia documental e institucional, além de se dedicar a projetos fotográficos autorais. Já publicou fotos na Folha de São Paulo e revista Época, entre outros.

Franklin de Freitas
Curitibano, jornalista, 38 anos, iniciou a carreira no laboratório fotográfico do então Jornal do Estado. Seis anos depois, formou-se em Jornalismo e passou a atuar como repórter fotográfico. Em 2009, foi promovido a editor de fotografia do jornal, hoje Bem Paraná, e continua na cobertura diária das principais notícias da região. Tem um olhar apurado sobre o cotidiano curitibano, além de destaque nas coberturas de shows e de jogos de futebol. Franklin já fez trabalhos para agências internacionais

Gisele Andrade Berthier Pimenta
Gisele Pimenta, conhecida como Pimenta Nativa, iniciou como fotografa profissional em 2013, no evento da Revista Vogue, Vogue Fashion Night Out em Curitiba, nos 30 anos do Shopping Mueller. Formada em Administração em Marketing e Hotelaria. Atualmente tem contrato de fotojornalista com as agencias, em SP FramePhoto, RJ Agência O Dia e Ishoot SC. Participou da cobertura da operação Lava Jato, CPI, eventos esportivos e shows. Tem fotos publicadas nos principais site e jornais do País.

João Urban
João Urban nasceu em Curitiba em 1943. Entre a militância nos anos 60, ele iniciou na fotografia publicitária e se tornou um fotógrafo com técnica aprimorada com um olhar sensível às questões sociais. Seu primeiro livro Boias-frias: Tagelöhner im Süden Brasiliens foi publicado em 1984, em alemão e posteriormente em português como Bóias-frias: vista parcial (1988), ambos com textos de Teresa Urban Furtado. Tem fotografias nos acervos de diversos museus do mundo.

Orlando Azevedo
Orlando Azevedo nasceu em 1949, na Ilha Terceira, Açores/Portugal, mas vive no Brasil desde 1983. É especializado em expedições e projetos especiais. Dedica-se à fotografia documental e à criação autoral em seu estúdio em Curitiba. Utiliza dois heterônimos – Yury Andropov e Jacob Bensabat – para outros temas dentro da diversidade de sua produção. Tem obras no acervo do International Center of Photography, Nova York, Centre Georges Pompidou e Museu de Arte de São Paulo, entre outros. Já publicou 12 livros. Entre 1994 e 1998 foi Diretor de Artes Visuais de Curitiba e criou a Bienal Internacional de Fotografia Cidade de Curitiba.

Rodolfo Buhrer
Rodolfo Buhrer é jornalista formado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Sua carreira de fotojornalista, no entanto, começou antes de ingressar na universidade, chegando a mais de 25 anos de experiência. Atualmente faz coberturas nacionais e internacionais de fotojornalismo e é proprietário da Agência La Imagem, com foco em imagem corporativa. Entre seus trabalhos, destacam-se as coberturas realizadas para a Agência Reuters e o registro das Copas do Mundo e das Olimpíadas.

Sergio Xavier de Mendonça Junior
Natural de Regente Feijó, Sergio Xavier Junior tem 59 anos e atua como fotógrafo desde 1979. na área de publicidade e documentação fotográfica , fotografia industrial, aéreas, técnicas e fotodocumentação institucional. Atuou no fotojornalismo corporativo em empresas como Volvo e Texaco. O hobby da astronomia também virou especialidade. Desde 2001, registra eventos astronômicos como cometas, nebulosas, galáxias e eclipses. Possui várias fotografias publicadas em sites internacionais ligados à astronomia, como Spaceweather. Neste ano, teve um fotografia selecionada para o calendário anual Airbus Internacional.

Sergio Sade
Sergio Sade nasceu em 1944 em Curitiba. Ele queria ser arquiteto, mas entrou na primeira turma de jornalismo da UFPR. Em Curitiba, trabalhou na Tribuna do Paraná e no jornal O Estado do Paraná. Em 1968, fez sucesso com as fotos de futebol e começou a ser chamado por jornais de circulação nacional. Logo começou a fotografar para a sucursal da revista Veja em Curitiba. Em 1974 cobriu a Copa da Alemanha. Depois disso virou o primeiro chefe da fotografia da Editoral Abril em São Paulo. Na década de 90, o fotojornalista voltou para Curitiba, onde passou a se dedicar à publicidade.

Vilma Slomp
Artista paranaense, desde 1975 vem exercendo seu trabalho artístico em seu estúdio paralelo ao ofício da fotografia em Curitiba. Suas obras estão em acervos de museus nacionais, internacionais e coleções particulares. Tem exposto individualmente em museus como na Pinacoteca de São Paulo, Museu de Arte de São Paulo, Museu de Arte Moderna do RJ e Museu Oscar Niemeyer. No exterior, realizou exposições individuais. Em 1998 recebeu prêmio Internacional Hasselblad. Desde 2014 vem realizando o projeto “o ser & o estar” sobre os ribeirinhos do Amazonas.

Serviço
Exposição 39 anos em 39 imagens de Curitiba
Quando: Abertura nesta terça-feira (21), às 17 horas
Período de exposição: de 22 de junho a 1 de julho de 2022, das 14 às 20 horas
Onde: Sede do Bem Paraná, Avenida Cândido de Abreu, 707, Cândido de Abreu
Entrada gratuita

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui