A jovem Adrielli Eduardo Rodrigues da Cruz, 22 anos, viveu os últimos dias um inferno na terra proporcionado pelo ex-namorado Cristiano Gomes. Após sofrer um relacionamento abusivo durante 6 anos, a jovem decidiu terminar no relacionamento. O que ela não esperava é que Cristiano não aceitaria o fim do namoro.

Familiares da jovem afirmam que Cristiano era agressivo e que a agredia, e que Adrielli já teria uma medida protetiva contra ele, porém essa medida não estava sendo cumprida, Cristiano continuava seguindo e ameaçando a jovem.

Na quinta-feira (14), ela foi até a delegacia de polícia na cidade de São Manuel, no interior de São Paulo, para registrar um novo boletim de ocorrência, pelas novas ameaças e o descumprimento da medida protetiva.

Logo após sair do local, Adrielli percebeu que estava sendo perseguida pelo ex-namorado que estava de moto. Assustada, ela tirou uma foto e enviou para sua mãe, alertando que estava sendo perseguida por ele. Pouco depois da mensagem enviada, Adrielli foi baleada várias vezes. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A polícia então iniciou uma caçada e conseguiu prender na sexta-feira (15) o ex-namorado. Ele disse que usou um revólver calibre 38 para matar a ex. Ele já estava com mandado de prisão preventiva e deve ser encaminhado ao presídio da cidade.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui