Foto: Pixabay

Neste sábado (29) a Justiça mandou soltar quatro suspeitos de participar de um estupro coletivo contra uma jovem de 19 anos na cidade de Apucarana, no Paraná.

Segundo informações, a defesa dos suspeitos alegou que eles podem esperar o fim das investigações em liberdade já que tem endereço fixo e emprego.

A defesa ainda nega as acusações de estupro. Porém, a delegada relatou que os quatro homens confessaram que tiveram relações sexuais com a garota, porém alegam que ela consentiu. O Ministério Público vai recorrer da decisão.

O estupro coletivo teria acontecido no dia 23 de julho após homens abordarem a garota em uma rua. Uma câmera flagrou o momento em que ela foi abordada pelo carro que estava com quatro homens. No depoimento os quatro investigados disseram que o ato foi consensual. Entretanto a vítima é uma jovem de 19 anos com problemas cognitivos, a idade mental dela é de uma menina de 9 anos. A mãe relatou que ela teve um surto e desapareceu de casa horas antes do ocorrido.

A Polícia Civil relatou que após a vítima ser estuprada em um terreno baldio ela foi abandonada.

Os suspeitos tem idades entre 19 e 30. Eles devem responder por estupro de vulnerável.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui