Ilustração/Pixabay

Um lutador de Muay Thai confirmou que agrediu o enteado de 5 anos. Durante depoimento o homem, de 20 anos, disse “Eu perdi a paciência com ele e comecei a agredi-lo com tapas no rosto e em todo corpo”. O caso foi registrado em Chapadão do Sul, no Mato Grosso do Sul.

Segundo informações da Polícia Civil, a criança estava com o padrasto enquanto a mãe trabalhava. Na segunda-feira (29) enquanto o padrasto cuidava da criança, o menino foi ao banheiro e pediu que o homem padrasto pegasse papel higiênico para realizar a higiene pessoal, porém o lutador negou e “perdeu a paciência” com a insistência da criança.

Ele deu socos no rosto e no corpo da criança. Quando a mãe do menino voltou para casa após o trabalho e viu as marcas de agressões acionou a Polícia Militar. O filho contou que além de tapas e socos, o homem ainda usou um cinto para agredi-lo.

Como o homem havia ido embora do local, a Polícia Civil seguiu com as investigações e conseguiu capturar ele tentando fugir para a cidade de Paraíso das Águas, em meio a mata na zona rural.

A criança foi encaminhada ao Hospital Municipal para atendimento e o Conselho Tutelar foi acionado.

O lutador e a mãe da criança estavam juntos há oito meses. O lutador foi preso em flagrante por tortura qualificada.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui