siate pmpr

Morreu no Hospital do Trabalhador o homem que levou dois tiros ao tentar invadir a casa da ex-mulher para matá-la. O caso foi registrado no dia 12 de janeiro.

A mulher relatou que se relacionou com ele pouco mais de 1 ano e que durante esse período, ela percebeu que ele era violento e agressivo. Ela já tinha registrado quatro boletins de ocorrência contra ele.

Mesmo após o término o indivíduo que estava utilizando tornozeleira eletrônica continuou as ameaças. Ele não aceitava o fim do relacionamento e ameaçou ela de morte. No dia 12 ela teria recebido mais ameaças e procurou a delegacia para pedir uma medida protetiva.

Não deu tempo, a noite o indivíduo invadiu o quintal da residência dizendo que ia matá-la. Quando se aproximou da porta a mulher que estava armada atirou. Ele foi atingido por dois disparos.

O Siate com apoio da equipe médica foram até o local e socorreram o homem até o Hospital do Trabalhador. Ele permaneceu internado por 7 dias, mas não resistiu e morreu na manhã desta terça-feira (19).

A mulher no dia do fato saiu do local e posteriormente se apresentou na Divisão de Homicidios acompanhada do advogado. Ela alegou legítima defesa. Após prestar depoimento ela foi liberada e deve responder em liberdade.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui