Divulgação/Prefeitura de Guarujá

Foi presa nesta semana uma mulher que estaria atendendo pessoas em um estabelecimento comercial no Guarujá, São Paulo. No local, além da aglomeração de pessoas, a mulher oferecia “gotinhas milagrosas” contra o coronavírus.
A mulher que estava de jaleco e “aplicando” uma solução em gotas em uma “paciente” disse que era voluntária e que estava oferecendo medicamentos homeopáticos para  fortalecer a imunidade das pessoas.
Entretanto, um dia antes da prisão, ela divulgou um vídeo dizendo sobre o atendimento e que se tratava de uma medicina alternativa para imunizar pessoas. De acordo com o vídeo, as pessoas estariam fortalecidas mesmo pegando uma gripe.
A mulher foi encaminhada para a Delegacia Sede de Polícia do Guarujá e contou que auxilia a população carente e a imuniza com homeopatia. Ela foi indiciada e levada para a delegacia. Foram apreendidos alguns frascos com medicamentos homeopáticos e vitaminas.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui