Uma mulher de 31 anos morreu após fazer uma escova progressiva no cabelo em um salão de beleza. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a morte.
Segundo informações, a mulher fez o procedimento no dia 06 de dezembro, e quando voltava para casa sentiu falta de ar e queimação pelo corpo. Ela foi levada para um hospital onde ficou internada.
Os médicos relataram que tinha muito formol pelo corpo da vítima. Ela ficou internada até esta segunda-feira (16) quando teve uma parada cardiorrespiratória e morreu.
De acordo com o hospital, o atestado de óbito apontou que a causa da morte foi parada cardiorrespiratória, crise convulsiva, alergia a produtos químicos e hipotensão.

O caso foi registrado em Ilha Solteira, São Paulo.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui