Pixabay

Uma mulher de 39 anos, identificada por Rebecca Firlit, perdeu a guarda do filho após optar por não se vacinar. A guarda da criança de 11 anos ficou para o ex-marido de Rebecca, que já está vacinado.

O juiz disse que a mãe não poderia estar com o filho até que fosse vacinada contra a Covid-19. Rebecca relatou que optou por não se vacinar após um médico a aconselhar, já que no passado ela teve reações adversas a vacinas.

O caso foi registrado no Condado de Cook,  nos Estados Unidos.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui