Um paciente com Covid-19 sofreu uma crise de ansiedade e fugiu do Hospital Universitário de Londrina, na manhã desta quarta-feira (17).

O paciente conseguiu correr por uma quadra e foi alcançado pelas equipes do hospital.

Ele foi colocado em uma maca e encaminhado para o hospital novamente. Veja o vídeo gravado por uma pessoa que estava em frente ao hospital:

 

Nota do Hospital Universitário de Londrina:

A Direção do Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina (HU-UEL) informa que o paciente, A.S.F, 45 anos, sexo masculino, foi transferido da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ao Pronto-Socorro do HU-UEL no dia de ontem (16/03/21), com diagnóstico detectável à COVID19. 

No dia de hoje apresentou tentativa de evasão atribuída a crise de ansiedade por estar experenciando a superlotação que enfrentamos diariamente. Ao ser indagado sobre o seu motivo de fuga o mesmo referiu ter medo e angústia relacionados ao possível agravamento do quadro clínico e a possibilidade de ser entubado, fatos estes que motivaram sua saída do ambiente hospitalar, sem prévia autorização.

Frente ao ocorrido a equipe de saúde e segurança se deslocaram prontamente pela Avenida Robert Koch, acomodaram o paciente em maca, com instalação de máscara de oxigênio e realizaram o transporte ao leito, onde o mesmo estava internado.

A equipe médica avaliou prontamente o paciente, solicitou exame de imagem, o mesmo permanece em rigorosa observação médica e multiprofissional, recebendo a terapia medicamentosa e oxigenioterapia necessárias.

Informamos também que a psicóloga da instituição atendeu o paciente após o evento, foi convocada a esposa para realizar a visita ao mesmo e disposto um aparelho de telefone celular do paciente para videoconferência com a família.

O HU-UEL reafirma sua missão na prestação dos cuidados em saúde com excelência, atualiza que vem mantendo o quadro de superlotação de 178% dos leitos e permanece à disposição para outros esclarecimentos que se fizerem necessários.

Respeitosamente,

Hospital Universitário da Universidade Estadual de Londrina

 

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui