Ilustração/Pixabay

Na noite desta quinta-feira (11) um homem foi preso suspeito de matar a própria filha, de 2 meses, em Araguaína, Tocantins.

A criança deu entrada no Hospital Municipal durante a manhã com uma perna quebrada e um machucado na cabeça. Os pais procuraram a unidade relatando que a menina estava passando mal. A menina não resistiu e entrou em óbito.

Tanto o pai quando a mãe negaram que tivessem agredido a bebê. Entretanto, a Polícia Civil encontrou mensagens enviadas pelo celular do pai para a mãe da criança dizendo que ele não aceitava a filha, já que foi uma gravidez indesejada. O homem foi preso em flagrante como principal suspeito.

A mãe da criança ainda está sendo investigada. O casal estava morando junto há aproximadamente um ano.

O corpo da criança foi levado para o Instituto Médico Legal de Araguaína onde a necropsia vai confirmar a causa da morte.

 

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui