(Foto: PCPR/Divulgação)

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) indiciou mãe e padrasto por registro e armazenamento de material pornográfico de menina de 10 anos, em Ponta Grossa, região central, na segunda-feira (24). Os suspeitos estão presos preventivamente desde o dia 5 de agosto por estupro de vulnerável.

O material foi encontrado no celular da mulher e apresenta imagens pornográficas da criança e áudios sobre o estupro. A mãe da vítima, de 25 anos, e o padrasto, de 32, estão sujeitos a até oito anos de prisão pelo crime de armazenamento do material ilícito, além da pena pelo estupro.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui