(Foto: Pixabay)

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) investiga a conduta de um tenista paranaense com Covid-19, que teria desrespeitado o protocolo de isolamento social. O atleta mora no Rio de Janeiro, mas teria viajado para visitar familiares na cidade natal dele, Marechal Cândido Rondon, na região Oeste do Estado, no dia 17 de março.

O inquérito policial foi instaurado após requisição do Ministério Público. O delegado da PCPR, Rodrigo Baptista, informou que antes mesmo de ser requisitado pelo Ministério Público, a PCPR já apurava a conduta do tenista. “Moradores da região já haviam relatado que ele estaria circulando pela cidade, mesmo confirmando em redes sociais que estava com os sintomas da doença”, afirma.

O Poder Judiciário determinou multa de R$ 30 mil, caso ele ou algum de seus familiares, que também precisam cumprir medidas de isolamento social, saiam de casa.

Ao final do inquérito, o suspeito pode ser condenado por infração às normas sanitárias. A pena prevista é de até um ano de prisão, além de pagamento de multa.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui