A Polícia Federal, em ação conjunta com a Polícia Militar do Paraná, deflagrou a segunda fase da Operação Resposta.

Cerca de 50 policiais federais e policiais militares cumprem um mandado de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão em Curitiba e região metropolitana.

Um fuzil foi apreendido, munições, capacete e colete balístico.

As investigações foram iniciadas em 21/2/20 após a ação de uma organização criminosa que usou explosivos para roubar uma agência bancária na cidade de Telêmaco Borba/PR. Na ocasião houve confronto e um policial militar foi morto.

 

Ações conjuntas resultaram na prisão de diversos assaltantes de banco, apreensão de fuzis, coletes balísticos, drogas, dinheiro e documentos falsos.

Nesta fase da operação o alvo é uma das lideranças da organização criminosa, que tem um extenso currículo na área de assalto à banco, sendo suspeito de participar de grandes roubos a bases de valores, sempre na modalidade “Tomada de Cidades”.

O preso e os materiais apreendidos serão encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui