A Polícia Civil do Paraná (PCPR) fez operação contra violência sexual de crianças e adolescentes em Londrina, região Norte do Estado, na quarta-feira (2). Um homem, de 47 anos, foi preso para cumprimento a mandado de prisão condenatória com pena de 22 anos por estupro de vulnerável majorado. Dois mandados de busca e apreensão também foram cumpridos.

O condenado violentou uma adolescente de 12 anos em 2015. A namorada do preso flagrou ele estuprando a filha dela dentro de casa. A prisão aconteceu no bairo Novo Amparo.

Um dos mandados de busca foi cumprido na casa de um homem de 42 anos, que é investigado por exibição de conteúdo pornográfico a crianças e adolescentes e por prática de atos libidinosos contra a filha de 16 anos. Os policiais civis apreenderam equipamentos eletrônicos.

A outra ordem judicial foi cumprida no endereço de uma transsexual de 27 anos. Ela é investigada por exibição de conteúdo pornográfico a crianças e adolescentes de 8 a 16 anos. Todos os equipamentos apreendidos serão periciados.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui