domingo, 25 fevereiro, 2024

Polícia Civil resolveu todos os casos de crianças desaparecidas do Paraná nos últimos cinco anos

Criada em 1995 pelo Governo do Estado como a primeira e única estrutura do Brasil dedicada exclusivamente ao desaparecimento de crianças e adolescentes, o Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride) da Polícia Civil tem se destacado nos últimos anos pelos índices de 100% de resolução de casos. A alta eficiência fez com que o modelo de funcionamento paranaense se tornasse uma referência nacional, com participação do Sicride nas discussões que pretendem estabelecer uma legislação específica em nível nacional sobre o tema.

Desde 1996, quando começou a computar os números de desaparecimentos, o Sicride sempre manteve um alto índice de resolução de casos, acima de 98%. A partir de 2018, o órgão passou a trazer estatísticas mais detalhadas. Nos últimos cinco anos completos, o serviço recebeu notificações sobre 971 crianças desaparecidas, sendo 515 meninos e 456 meninas, chegando a um desfecho definitivo em todos os casos.

Segundo a delegada-chefe do serviço, Patrícia Paz, o grande diferencial do grupo é ter policiais voltados exclusivamente à busca de crianças desaparecidas em todo o território estadual. É um trabalho que volta a ser lembrado na semana em do Dia Internacional das Crianças Desaparecidas (25 de maio). “Em casos de desaparecimento, a especialização e disponibilidade de policiais de forma imediata pode ser essencial no decorrer das investigações para que tenhamos êxito nos resultados”, afirma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HBK Iluminações