(Ilustração)

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu quatro mandados de prisão na última semana em diversos bairros da região de Ponta Grossa – Região Central do Estado. Todos os casos envolvem parentes e pessoas próximas de crianças e adolescentes de 4 a 15 anos, que sofriam abuso sexual no âmbito familiar.

Os policiais civis iniciaram uma investigação há aproximadamente um mês, em cima de quatro casos de abusos.

Os primeiros mandados foram cumpridos contra um casal, pai e madrasta, de 23 e 18 anos, que mantinham relação sexual na presença de uma criança de 4 anos. Inclusive, há informações de que a criança era obrigada a participar do ato sexual, acreditando estar em uma brincadeira.

O outro caso, refere-se a uma menina da 11 anos, que estaria sendo abusada sexualmente pelo padrinho, de 45 anos. O homem foi preso durante a ação policial. Segundo informações policiais, a vítima demorou para denunciar os abusos, pois o suspeito a ameaçava dizendo que iria matar sua mãe e irmãs caso a menina revelasse a violência.

A terceira ação teve como resultado a prisão de um homem, de 57 anos. De acordo com as investigações, ele é suspeito de tentar aliciar dois adolescentes através de mensagens por aplicativo de celular. O homem oferecia presente para as vítimas em troca de “favores” sexuais.

O casal e os dois homens, de 45 e 57 anos, encontram-se presos preventivamente à disposição da Justila. Todos foram indiciados por estupro de vulnerável, exceto o homem de 57 anos, que foi indiciado por importunação sexual e corrupção de menores.

Todos os quatro encontram-se à disposição da Justiça.

1 comentário

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui