(Foto: PCPR/Divulgação)

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu em flagrante três suspeitas de fraudar documentos públicos e particulares para compra e venda de imóveis, na segunda-feira (14), em Curitiba. As mulheres teriam causado prejuízo de mais de R$ 300 mil para as vítimas identificadas.

A PCPR apurou que as três agiam de forma para que a fraude parecesse legal, ou seja, fraudavam título de propriedade do imóvel, RG, CPF, certidão de nascimento e contas para comprovar endereço.

Utilizando as falsificações, as suspeitas iam até os cartórios para conseguir as certidões e para que a venda se firmasse.

O trio irá responder por estelionato, associação criminosa e falsificação de documentos públicos e particulares. As investigações continuam para identificar demais envolvidos.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui