Reprodução/Redes Sociais

Uma briga entre irmãs acabou em assassinato em um posto de combustíveis em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, neste final de semana. Rayana Mello morreu no local dos fatos. Rhaillayne, de 23 anos, que é policial foi presa pelo próprio marido que também é PM e deu voz de prisão à esposa ao chegar no local.

Segundo testemunhas, as duas chegaram no posto já brigando após saírem de uma festa. As duas foram ao banheiro onde a policial sacou uma arma e atirou contra a irmã.

Em nota a PM disse que “no início da manhã de sábado (02/07), equipe do 7ºBPM (São Gonçalo) foi acionada devido a uma ocorrência de homicídio envolvendo uma policial militar em um posto de combustíveis no bairro Camarão, em São Gonçalo. No local, o fato foi constatado. A equipe foi informada que, após uma discussão, uma policial militar efetuou disparos de arma de fogo contra a irmã, que foi a óbito no local. A policial militar foi conduzida à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG), onde a ocorrência está em andamento. A arma de fogo usada pela policial foi apreendida. A Corregedoria Geral da Corporação acompanha o caso através da 4ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (4ªDPJM)”.

Não há informações sobre motivação da briga.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui