Recebeu alta do Hospital Cajuru nesta terça-feira (18), o Soldado da Polícia Militar do Paraná, Luiz Cesar Rodrigues Kaseker, atropelado no último dia 6 enquanto aguardava na calçada a chuva diminuir para retornar para sua residência em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, o motorista do carro, um homem de 66 anos, estava com sinais de embriaguez quando atropelou e prensou o policial contra uma parede de uma farmácia.

O condutor do carro foi levado para o hospital sob escolta policial e o policial foi socorrido em estado grave ao Hospital Cajuru.

No dia seguinte ao acidente, a juíza Carolina Maia Almeida, afirmou que como o caso se tratava de um crime culposo, o condutor foi preso por lesão corporal na direção de veículo automotor, não poderia decretar a prisão preventiva.

A juíza ainda explicou que a decisão foi tomada porque o motorista era réu primário, o caso não se trata de delito cometido no âmbito familiar, não há dúvidas quanto a identificação do autuado e conforme comprovação de laudo médico, o homem realiza tratamento contra um câncer.

O Ministério Público se manifestou a favor da liberdade provisória. Mesmo em liberdade ele terá que cumprir medidas cautelares impostas.

Nesta terça-feira, alguns policiais militares estiveram presente para homenagear o companheiro de farda. Veja o vídeo:

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui