PRF apreende mais de 600 quilos de maconha em Foz do Iguaçu

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou em todo o Brasil, na última quinta-feira (28), a Operação Tamoio. O objetivo é o enfrentamento à criminalidade, tendo as ações reorientadas por meio de informações da inteligência policial, o que traz otimização dos recursos humanos, tecnológicos e o emprego das Unidades de Recursos Especializados da PRF.

Neste sábado (30), por volta das 14 horas, agentes da PRF, em conjunto com a PF, RFB, FN e o EB, abordaram um motorista de uma carreta vazia, que se dirigia a Cascavel (PR) para carregar com ração. No início da vistoria, os policiais perceberam a presença de maconha nas rodas do cavalo trator e da carreta. Perguntado ao motorista, ele disse que retirou o caminhão em Santa Rita, no Paraguai e deixaria o caminhão em um posto de combustíveis em Foz do Iguaçu.

Diante disso, o caminhão foi levado até uma borracharia para serem desmontados os pneus. Com o auxílio do Corpo de Bombeiros do Paraná, foram encontrados, dentro de 12 conjuntos de roda e pneu, 605,5 quilos de maconha, que foram apreendidas e encaminhadas para a Polícia Federal em Foz do Iguaçu, com o motorista, para o registro do crime de tráfico de drogas, que tem uma pena máxima de 15 anos de prisão.

TAMOIO – O nome Tamoio vem do Tupi Guarani Tamuía, que significa o avô, o antepassado. A Confederação dos Tamoios foi uma aliança de tribos indígenas firmada com o objetivo de combater os portugueses e outras tribos que os apoiavam. A referência é em relação à aliança dos grupos especializados da PRF unidos nessa operação.

 

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui