(Foto: PRF/Divulgação)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante na tarde deste sábado (28) um homem que minutos antes havia assaltado uma mulher e roubado o carro dela em Curitiba. O assaltante, que já cumpre pena por roubo e estava em liberdade temporária desde a véspera de Natal, manteve a vítima refém durante cerca de uma hora.

Por volta das 15 horas, uma equipe da PRF atendia um acidente na marginal da Linha Verde, no bairro Xaxim, quando foi avisada por um motorista de aplicativo que um automóvel Hyundai HB20 roubado havia acabado de passar pelo local.

Os agentes da PRF saíram na direção do carro e logo conseguiram alcançá-lo. O homem que estava na direção ignorou a ordem de parada e seguiu em fuga. Mais à frente, já no bairro Pinheirinho, ele perdeu o controle, colidiu contra o meio-fio e teve o veículo imobilizado sobre a via, momento em que recebeu voz de prisão.

Logo na sequência equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Curitiba chegaram ao local e prestaram apoio na ocorrência.

Com 24 anos de idade, o homem que dirigia o carro portava uma réplica de pistola. Além do carro, também foram recuperados um aparelho de TV, uma mala de roupas, um telefone celular e uma carteira com documentos. Todos os pertences eram da vítima, uma mulher de 45 anos que estava a caminho da praia quando foi abordada pelo assaltante, no bairro Portão. Ela reconheceu o autor do crime.

O assaltante havia saído na última terça-feira (24) da Colônia Penal Agrícola do Paraná, localizada em Piraquara, onde já cumpre pena pelo crime de roubo. Preso no sistema semiaberto, o homem havia sido liberado para a saída temporária de fim de ano, que duraria até quinta-feira (2).

A abordagem policial foi possível graças ao fato de a informação sobre o roubo ter sido veiculada através de um grupo de motoristas de aplicativo.

A PRF encaminhou o preso, o carro e os bens recuperado para a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, no bairro Santa Izabel, em Curitiba.

Fonte: Agência PRF

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui