Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal, após recebimento de uma denúncia, abordou e deteve um caminhoneiro que dirigia uma carreta carregada em Mundo Novo (MS), na BR-163. O resultado do bafômetro foi quatro vezes maior que o índice que caracteriza crime de trânsito.

No sábado (5), por volta das 16h45, policiais rodoviários federais receberam uma denúncia, acompanhada de um vídeo, onde um caminhoneiro dirigia zigezagueando pela rodovia, invadindo a faixa contrária da via diversas vezes e ameaçando outros usuários, chegando a forçá-los para fora da rodovia, para evitarem uma colisão frontal.

Ao chegarem no local, o motorista já se encontrava desembarcado e parado no acostamento. Os policiais submeteram o motorista, um paraguaio de 28 anos de idade, ao teste do bafômetro, que resultou em 1,27 mg/l (mg de álcool por litro de ar expelido dos pulmões). Isso representa quatro vezes o índice mínimo para caracterizar a conduta como crime de trânsito (o mínimo é 0,34 mg/l).

Diante dos fatos, ele foi detido e conduzido para a Polícia Civil em Mundo Novo para o registro do crime de dirigir embriagado. O caminhão foi retido ao pátio por não existir condutor habilitado para conduzí-lo. A carga, de peças de motocicleta, tinha como destino Paranaguá (PR).

Veja o vídeo aqui.

 

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui