Reprodução

Se é um projeto lindo, emocionante e totalmente voluntário que você queria conhecer, chegou a hora! O Céu das Estrelinhas é uma iniciativa linda que ajuda tutores, que perderam seus animaiszinhos, na hora do luto. O projeto Céu das Estrelinhas surgiu, segundo sua idealizadora Francine, “da vontade de acalentar corações partidos”.

As voluntárias escrevem cartinhas em nome dos animais que se foram. E essas cartinhas são muito recheadas de amor e sensibilidade que trazem um conforto (e arrancam muitas lágrimas) daqueles que perderam seu animalzinho.

E para quem acha que as cartinhas são só sobre cães e gatos está muito enganado. O Céu das Estrelinhas é para tutores de todo tipo de animalzinho que agora virou estrelinha.

Está preparado para se emocionar lendo esta cartinha? Prepare as lágrimas e vem com a gente:

Reprodução

Ahhh que dia lindo!!! Especialmente porque hoje vou falar com a minha mamãe!!! Oi mamãe querida? Tudo bom com você?! Quem late é o Max, que está sentindo sua falta imensamente! Que vontade de te lamber até te derrubar no chão! Sempre fui um típico Labrador, aprontador, mas um amorzinho, você sabe, né? Mamãe, eu e o Fufi estamos aqui no Céu das Estrelinhas e agora ele tem vida e consegue rolar comigo nas nuvens macias… É o maior barato! Brincamos aqui também com outros cãezinhos, mas nenhum é tão gigante quanto eu! Juro! Fizemos até uma aposta… Eu ganhei! Sempre fui o maior… E ainda… Lembra que eu era um vovô? Agora sou novinho, estou com toda a energia da primeira infância… Que ciclo fabuloso estou cumprindo aqui! Estou bem feliz… Mas você sabe, mamãe, que nem sempre foi assim… Tive muita tristeza e dor, por sofrer maus-tratos… Apanhava sem razão, ficava sem comer, me machucavam com frequência… Eu pensava que todos os humanos eram egoístas e violentos até te conhecer… Você era criança, tínhamos quase a mesma idade… Fui adotado e ganhei uma família linda… Foi aos 7 anos que minha história mudou completamente… Ganhei mais 7 anos de vida e uma amiga para sempre… Não foi difícil se acostumar com a minha presença… Eu era tão bonzinho e fazia de tudo para não voltar para meu antigo dono… Mas entenda que eu não fazia isso por submissão, fazia por amor aos meus novos companheiros de vida… Passei a ter uma gratidão enorme dentro de mim… Lembra que na época o filme do “Marley e Eu” estava em alta? Os labradores ficaram bastante populares… Mas não me importava se era moda ou não, era Max e Você para sempre! A mudança do apartamento veio a calhar… A nova casa tinha um terreno enorme e poderíamos brincar o dia todo… Mas não foi como esperávamos, pois você não parecia bem ou com vontade de brincar o tempo todo… Seus pais descobriram que você estava realmente doentinha, com uma tal de epilepsia que eu não sabia o que era… O que tentei fazer era manter o astral, te deixar feliz e até esquecer que algo ruim pudesse te atingir… Acho que funcionou, pois você ficou boa logo e eu fiquei agradecido mais uma vez… Depois disso tivemos uma fase incrível, de muita parceria… Brincávamos juntos, você me apertava, puxava minhas bochechas, me beijava e eu amava tudo aquilo… Tinha noites que só ficávamos no portão vendo o movimento, vendo as luzes e aproveitando a nossa companhia… Era delicioso… Você e eu… Max e Milena… Uma menina e seu guardião… Tanta inocência e tanta felicidade nas coisinhas simples da vida.. Ahhh, eu estava radiante de ter sido adotado pela melhor criança do mundo! Às vezes você inventava de me levar para passear longe… Affff… Parece que se esquecia de que eu já era idoso quando me levou para casa… Eu andava até onde conseguia… Que era só até a esquina rsrsrs… Eu não era gordo, só não fazia o tipo esportista… É isso! Ahh, e aquele dia no Posto de Combustíveis eu tive uma ótima ideia… Pegar carona no carro de um desconhecido para voltar para casa… Não sei por que razão você não quis! Pô, poderíamos ter feito um amigo novo! Era uma excelente ideia! Tá, vai, eu amava passear, não era tudo isso… Eu ficava eufórico quando pegava a guia… Além disso, a melhor hora do dia era quando você chegava da escola, eu sentia tanta saudade! Depois de me esbaldar, era gostoso ficar quietinho no tapete da sala ou ir para o quarto da vovó! Nada poderia mais me deixar triste ou me atingir, pois você era meu anjo da guarda e sempre “previa” quando o mal estava chegando… Minha melhor amiga e protetora! Me senti cuidado até o fim… Ah, é verdade… Ainda temos que falar sobre isso… Sobre a minha despedida… Eu sei, foi triste demais! Quem poderia imaginar que o que me faltaria era filtro solar… ”Cães podem ter câncer de pele?” vocês ficaram se perguntando na época… A família inteira ficou bastante preocupada… Mas aconteceu e foi rápido… Não havia nada a ser feito! E o que poderia ser feito, vocês me proporcionaram com todo amor do mundo… Fiz uma passagem tranquila e me sentindo realizado, pois comecei a vida em sofrimento, mas terminei com muito carinho e cuidado! Sei que fiquei enterrado no terreno da bisa, com o ursinho, nosso brinquedo preferido, simbolizando a nossa amizade… Mas você sabia que eu não estava mais lá, pois te escutei, todas as noites, rezando e conversando comigo, pela janela olhando as estrelas… Estive aqui o tempo todo e você sabia! Vi você chorar, mas vi você sorrir muitas vezes daqui e fiquei muito feliz! Fica bem, meu amor! Manda lambeijos para a vovó, para o vovô, para os tios que cuidavam de mim quando estavam fora… Lambeijos para meus amigos dogs que cuidam hoje de você, especialmente para o Elvis que agora é seu guardião oficial… Já passei minhas instruções para ele, especialmente, te fazer sorrir todos os dias! Estou bem, estou cheio de paz, amor e gratidão na alma… Faço parte do universo e estarei sempre por perto! Já você, mocinha, ria, cante, dance, faça planos para o futuro, faça coisas que te deem medo, mas que você sabe que pode vencer… Se desafie… Se apaixone… Tenha outros amigos caninos, more em outros lugares… Não fique triste nem por um segundo… Ah, e use filtro solar! Continuarei leal a você e te amando MUITO… Quando quiser conversar, te espero à noite na janela, combinado?
Saudades imensas e lambidas no seu rosto, do Max!”

Você também quer uma cartinha da sua estrelinha? Basta entrar em contato por aqui, preencher o formulário e aguardar (com um lencinho na mão).

As cartas são totalmente gratuitas. Se o tutor permitir a publicação, as cartinhas são divulgadas também no Instagram da Céu das Estrelinhas e no Blog, mostrando o trabalho para mais pessoas para que mais tutores saibam e tenham acesso à este serviço.

Que tal acompanhar e ajudar a divulgar as cartinhas? Quando um pet escrever uma cartinha ajude, comentando, compartilhando, para que essa corrente do bem chegue a todos que precisam deste consolo.

Acompanhe o Céu das Estrelinhas 

Instagram @Ceudasestrelinhas

Blog https://ceudasestrelinhas.wordpress.com/

Facebook Céu das Estrelinhas

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui